Arquivo de Tag | A Pequena Sereia

A Pequena Sereia (Festa)

Ideias para decoração de festa tema A Pequena Sereia
Não trabalhamos com decoração, fazemos apenas os bolos da página: http://patyshibuya.com.br/bolos
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.02
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.04
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.05
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.07
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.09
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.15
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.20
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.26
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.31
A decoração de festa no tema A Pequena Sereia encanta todos os convidados, é alegre e divertida. Aqui você encontrará ideias para fazer uma linda festa!
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.37
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.48
THE LITTLE MERMAID BIRTHDAY PARTY DECORATIONS A PEQUENA SEREIA ARIEL FESTA INFANTIL.70
Alguns temas de festa de aniversário são realmente complicados de construir uma decoração, como os mais novos, recém lançados. Mas os clássicos, o caso da Festa Ariel ou Festa A Pequena Seira, os personagens são tão conhecidos, a temática fundo do mar é tão ampla que você consegue construir um lindo cenário mesmo sem tomar como base direta o filme. É um tema para meninas e há muito material no mercado disponível para criar sua decoração.
O importante é que se será uma festa da Pequena Sereia, é preciso ter a personagem principal, a sereia obstinada a viver entre os humanos que troca seu maravilhoso canto e sua calda por pernas. Além de oferecer uma linda lição sobre o amor verdadeiro, é um filme divertido e com cores vibrantes, gerando uma linda festa.
A Pequena Sereia – The Little Mermaid

A Pequena Sereia

Imagens para papel arroz da Pequena Sereia Ariel (The Little Mermaid)
01_ariel_a_pequena_sereia_02

01_ariel_a_pequena_sereia_02a

01_ariel_a_pequena_sereia_03 01_ariel_a_pequena_sereia_03

01_ariel_a_pequena_sereia_07

01_ariel_a_pequena_sereia_09a

01_ariel_a_pequena_sereia_12

01_ariel_a_pequena_sereia_13

01_ariel_a_pequena_sereia_13a

01_ariel_a_pequena_sereia_14

01_ariel_a_pequena_sereia_14a

01_ariel_a_pequena_sereia_16

01_ariel_a_pequena_sereia_16a

01_ariel_a_pequena_sereia_18

01_ariel_a_pequena_sereia_18A

Ariel é uma sereia princesa de dezesseis anos de idade insatisfeita com a vida no fundo do mar e curiosa sobre o mundo na terra. Ela se apaixona por um príncipe humano e faz um acordo com a bruxa do mar para transformar-se em humana.

ariel_a_pequena_sereia_03

ariel_a_pequena_sereia_04

ariel_a_pequena_sereia_14

ariel_a_pequena_sereia_15

ariel_a_pequena_sereia_15a

A Pequena Sereia Ariel vive no fundo do mar e é uma sereia independente que quer fazer parte do mundo dos humanos. Depois de tomar coragem e fazer um acordo com Úrsula, a esperta bruxa do mar, Ariel embarca na aventura da sua vida. Ao lado de Linguado e Sebastião, Ariel precisará ser valente e determinada para fazer o bem para os seus dois mundos.

ariel_a_pequena_sereia_16

ariel_a_pequena_sereia_18a

A Pequena Sereia era a filha caçula do rei Tritão, era uma sereia diferente das outras cinco irmãs. Era muito quieta, não era difícil vê-la distante e pensativa.
Desde os dez anos, a Pequena Sereia guardava uma estátua de um jovem príncipe que havia encontrado num navio naufragado. Passava às vezes horas contemplando a estátua, que aguçava ainda mais sua vontade de conhecer o mundo da superfície. Porém esse seu desejo só poderia ser realizado quando completasse quinze anos, nessa idade é dada a permissão para as sereias nadarem até a superfície do mar.
Para a Pequena Sereia esse dia especial parecia nunca chegar. Ela acompanhava a cada ano, os quinze anos de cada uma das suas irmãs, ansiosa para que o seu dia chegasse em breve também, e escutava atenta o relato de cada uma delas sobre tudo aquilo que viram.
As irmãs contavam sobre os barulhos da cidade, as luzes, o céu, os pássaros, sobre as pessoas, animais, eram tantas as novidades que só aumentava o desejo da Pequena Sereia de conhecer aquele mundo.
A Pequena Sereia queria ver as cores douradas que surgiam no céu, quando o sol de escondia no horizonte. A chuva, com as nuvens cor de chumbo. Conhecer o arco-íris, as flores, as montanhas, as plantas.
Às vezes as cinco irmãs subiam juntas à superfície para passear, e a Pequena sereia ficava triste em seu quarto, no castelo, sentia uma enorme angústia e uma coisa estranha, parecia ter vontade de chorar, embora as sereias não chorem, pois não têm lágrimas.
Até que o dia tão esperado chegou, o coração da Pequena Sereia saltitava de felicidade. Recebeu de presente da sua avó um colar de pérolas, símbolo da realeza.
A pequena sereia chegou à superfície na hora do pôr–do-sol. O céu estava dourado com nuvens rosadas. Ela ficou maravilhada com o que via.
Ela avistou um grande navio com três mastros e nadou até ele. O céu escureceu e no navio foram acesas centenas de lanternas coloridas. A sereiazinha nadou contornando o navio e, pela escotilha do salão viu pessoas alegres, dançando. Um rapaz em especial, chamou-lhe atenção.
Passadas algumas horas, o vento começou a soprar forte. A lua e as estrelas sumiram do céu e começaram a surgir trovões e relâmpagos.
O mar estava revolto, ondas gigantescas atacavam o navio. Os marujos assustados, retiraram as velas do navio. As pessoas gritavam assustadas. O navio balançava muito, até que uma onda gigantesca o tombou para o lado. A escuridão foi total.
Um raio iluminou o céu e a Pequena Sereia viu pessoas gritando e tentando se salvar nadando.
De repente a sereiazinha viu o príncipe. Ele estava se afogando. Ela sentia que tinha que ajudá-lo. Ela nadou entre os destroços do navio e o alcançou.
O jovem príncipe estava desmaiado. Ela segurou firmemente, mantendo a cabeça dele para fora da água, e flutuou com ele até a tempestade passar.
Ao raiar do sol, a sereiazinha verificou que o príncipe respirava tranqüilamente. Ela ficou aliviada em ver que ele estava bem, ficou tão contente que o beijou. Nadou com ele até uma praia, o dentou na areia e escondeu-se atrás das rochas.
Ela viu que existia algumas casinhas por perto, certamente alguém o encontraria.
Logo uma jovem apareceu na praia e foi caminhando na direção do rapaz. O , que até então, estava desmaiado acordou e sorriu para a moça. A moça correu para buscar ajuda e em pouco tempo o príncipe foi levado ao vilarejo.
A sereiazinha ficou aliviada por ter salvado o jovem, mas ficou triste pois temia não vê-lo novamente.
A Pequena Sereia voltou para o seu castelo no fundo do mar. As irmãs a encontraram triste e quieta. Após longa insistência das irmãs, a sereiazinha contou-lhes toda a sua aventura.
Uma das irmãs sabia quem era o príncipe e sabia que ele morava em um castelo à beira-mar.
As seis sereias nadaram até lá. Esconderam-se atrás de uns rochedos, esperaram até que viram o príncipe e viram que ele estava bem.
A pequena sereia pensava muito no jovem príncipe. Ela daria sua vida para ser humana e encontrar-se com o príncipe nem que fosse só por um dia.
Seu pai, o rei Tritão estava preocupado com a filha, nem as festas no palácio alegravam a jovem sereia. Ela nem cantava mais nas festas, todos adoravam ouvi-la cantar, sua voz era linda.
Numa noite, a Pequena Sereia tomou uma decisão: foi procurar a feiticeira do mar.
A feiticeira é uma bruxa, mora no meio dos redemoinhos, cercada de plantas cheias de espinhos e animais peçonhento e perigosos.
A sereiazinha acreditava que a única pessoa capaz de ajudá-la a transformar-se em humana, seria a feiticeira.